terça-feira, 20 de abril de 2010

Os conceitos na história: significados de ontem nos dias de hoje

por Claudiomar Ferreira de Medeiros Filho

Por Epiteto sabemos que não são os fatos que abalam os homens, mas sim o que se escreve sobre eles. Entre a história dos conceitos e a história social sempre houve atritos, pois duas visões se depreendem. Os textos e as terminologias filosóficas formados a partir do mesmo fato não correspondem sempre ao significado deles extraídos, o que faz remontar os tais eventos acontecidos sob um enfoque diferente.

Mas uma sociedade se move sob conceitos comuns, pois isso favorece a unidade política, embora os termos mais essenciais sejam de grande complexidade. É importante notar que cada época criou conceitos próprios que passaram a ser vivenciados posteriormente, fazendo-se necessário que se tome posse de todo o contexto de suas origens. Está claro que o sentido exato só será extraído devidamente a partir do contexto.

No campo da semântica, o ponto de vista principal acerca do conceito está voltado para o presente. A exegese do texto revela que os conceitos assumem uma significação que potencializa sua importância de caráter social e histórico.

Em todo caso, é preciso estabelecer uma exigência mínima quanto à metodologia, pois é preciso entender os conflitos sociais e políticos que aconteceram em gerações antepassadas, através dos restritos conceitos usados por elas. Põe-se em relevo que uma análise histórica dos conceitos não deve se limitar à história da língua, pois toda a semântica se relaciona a conteúdos que ultrapassam a dimensão lingüística. É a partir do levantamento dos significados passados dos termos e conceitos que se monta uma base para se atingir a significação equivalente para os tempos atuais.

É reconhecida como uma manobra bastante utilizada o emprego de novos termos com dúbia interpretação para mutilar determinado conceito diante da sociedade. A busca do historiador visa também entender por quanto tempo permaneceu inalterado o conteúdo de determinada forma lingüística, quando foi alterado e de que modo, pois que também isto tem relevância para os resultados da pesquisa histórica.

Como exemplo da evolução dos conceitos na história, tomamos o termo "democracia" que, bem definidamente, assumiu seguramente diferentes significações consideradas no contexto histórico. Eis que os processos de permanência, transformação e inovação devem ser avaliados para que a história dos conceitos, seguindo seus métodos, possa fornecer os devidos indicadores para a história social.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...