domingo, 11 de abril de 2010

Poético relato do retorno da Santa Missa no rito tridentino em uma pequena cidade do interior



por Claudiomar Ferreira de Medeiros Filho

Que alegria sentir o ar puro
na manhã de um domingo
que amanheceu mais lindo
... amanheceu mais lindo!

Que bom ver aquele povo
de vida simples,
de cidade pequena,
e de coração grande.

Que alegria ver as famílias chegando
para assistir à Santa Missa na Matriz

Mas, naquela manhã
naquele domingo
naquela Igreja
naquela pacata cidade...
teve mais que ar puro pra se respirar.

Naquela Igreja, naquela manhã de domingo
Teve mais que ar puro pra se respirar
Teve o silêncio ao entrar na Igreja
O silêncio que favorece
a nossa prece,
o nosso momento com Deus.
Naquela manhã de domingo
Eu ouvi o silêncio na Igreja.

Naquela Igreja, naquela manhã de domingo
Teve mais que ar puro pra se respirar
Teve um canto
que elevou mais alto um tanto
as almas a Deus.

Naquela Igreja, naquela manhã de domingo
Teve mais que ar puro pra se respirar
Lá, se ouviu uma língua diferente
da língua que se fala vulgarmente.

Naquela Igreja, naquela manhã de domingo
Teve mais que ar puro pra se respirar
Foi lindo ver as mulheres de véu
como Nossa Senhora.
Pareceu-me naquela hora
estar mais perto o céu
 
A Santa Comunhão
de joelhos no chão
Na boca, não na palma
Me fez crescer na alma
O amor por Deus no coração.

E o zelo do sacerdote
Pelo sagrado que vivia
Fez mais belo aquele dia
Senti minh'alma sã
Naquele domingo de manhã
E na fé senti-me forte.

No altar, se viu o sacrifício
Que pra muitos é difícil
Conceber
Que tal possa acontecer.
 
De fato,
Naquela Igreja, naquela manhã de domingo
Teve algo mais puro pra se respirar.

   
As palavras nos são instrumentos limitados ao tentar descrever a emoção e a alegria de presenciar a comunidade católica de Araioses, cidade do interior maranhense, tendo de volta a Santa Missa celebrada conforme as rubricas herdadas dos primórdios do cristianismo e canonizadas por São Pio V, no século XVI.

Já se passavam mais de quatro décadas que aquelas piedosas senhoras não viviam o momento da Santa Missa daquele jeito, como haviam conhecido..., como seus pais haviam conhecido..., como seus avós haviam conhecido...

Ao ouvir o entoar majestoso do "DOMINUS VOBISCUM" do Pe. Valmir, a resposta resgatada lhes saltavam os lábios "ET CUM SPIRITU TUO".

"A Missa era desse jeito quando eu era pequena", disse uma delas.
"Usei o meu véu de quando eu era moça. Está aqui ele, todo amareladinho", disse outra.

Que verdadeira alegria em presenciar tudo isso. Não erraremos se compararmos a alegria desse retorno, à alegria do pai do filho pródigo vendo-o retornar à casa paterna.

Rezemos, pois, pelo Santo Padre o Papa Bento XVI, que vem resgatando a rica beleza da liturgia da Igreja. Rezemos para que mais bispos e padres, a exemplo de Pe. Valmir, possam aceitar o encaminhamento que Bento XVI dá à Igreja, juntando-se a ele nessa sua missão conforme lhe inspira o Espírito Santo.

11 de abril de 2010 já entrou para a história da Igreja de Araioses.
Que dia entrará para a história da Igreja de Parnaíba, minha cidade?


Mais fotos:




10 comentários:

  1. Naquela Igreja, naquela manhã de domingo

    Parabens a todos que se empenharam, pois acreditaram que algum dia tudo isso se realizaria. Obrigado Padrinho por nos incentivar a buscar a verdade. Isso tudo não se realizaria se você não fosse ousado no que diz, perseverante no que faz. Continue assim, mostrando-nos a verdade, a beleza dessa Igreja que não conhecíamos. Sei que muitos estão agradecidos por você, todo aquele povo de Araioses que recordou novamente aquala Missa na manhã de Domingo. Que Nossa Senhora continue a lhe usar, pois tudo isso que aconteceu, foi obra Dela. Saiba que sempre estaremos com o Senhor: SALVE NOSSA SENHORA!

    Márcio Regis Lima.
    (Seu afilhado)

    ResponderExcluir
  2. "Que alegria sentir o ar puro

    na manhã de um domingo

    que amanheceu mais lindo"

    Por esta manhã de domingo aguardava eu ansiosa... Apaixonada pela Santa Missa que sou, pelo Céu na terra, ansiava por um dia poder assistir uma Missa no rito extraordinário, mas achava que iria demorar mais para isso acontecer, não imaginava que já seria esse ano... E quando soube da Missa, exultei de alegria!!!
    E aguardava ansiosa por este dia, por "esta manhã de domingo" que veio tão radiante...
    Outra coisa que eu gostaria que voltasse, é o piedoso uso do véu. Com a Missa Tridentina, enfim, pude usar meu véu com muita alegria, como que se estivesse revestida do Manto Sagrado de Nossa Senhora. Estou incentivando, também, às Legionárias de Nossa Senhora, a continuarem usando o véu sempre em todas as Missas.
    Como o irmão disse acima, que muitos estão agradecido a você por esta iniciativa, eu louvo e agradeço ao Doce e Bom Deus por nos ter concedido essa graça por intermédio de seu trabalho. Deus lhe pague!

    Salve Maria!!


    Maria Cleiciane Bastos.

    ResponderExcluir
  3. Araioses, minha cidade natal, quem diria que um dia receberia de ti um presente tão especial, presente esse que elevou minha alma, fortaleceu minha fé, fez eu acreditar inda mais na intercessão da Virgem Maria,realmente Deus atende os pedidos dirigidos a Ela. Aquela manhã de Domingo, que só aconteceu devido a persistência de um homem que foi taxado por muitos de ultrapassado, radical, louco...Mias como adverte São Paulo, para seguir Cristo temos que ser realmente loucos.
    A esse homem (Claudiomar), presto aqui meu especial agradecimento, por ter me apresentado a Santa Tradição de Nossa Santa Mãe Igreja, ele que não cansa de buscar conhecimentos e repassar à todos que desejam beber dessa fonte.
    Salve a FSSPX, salve Dom Marcel Lefevbure que conservou essa dádiva que o rito tridentino a qual nós podemos desfrutar.
    Aos meus conterrâneos araiosenses e ao Padre Valmir, DEO GRACIAS por aquela manhã de domingo 11 de abril de 2010 que nunca sairá de nossa mente e de nosso coração.
    VIDA LONGA AO PAPA BENTO XVI

    REGINA SOUZA

    ResponderExcluir
  4. Lindo isso! Continue com o blog, tá maravilhoso! Abraço, fica com Deus e Nossa Senhora.

    ResponderExcluir
  5. Amei a notícia, que bom que tal maravilha esteja voltando a Igreja, eu ainda não tive a oportunidade de participar.

    M<as gostaria de perguntar se a poesia não tem um pouco de sátira a João XXIII?

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Claudiomar! Seu site é simplesmente maravilhoso e não tenho palavras que possam descrever minha maravilha! Continue a lutar pela nossa santa fé católica: Deus o recompensará como merece. Em minha paróquia [e diocese], infelizmente, a Missa Tridentina tem sido menosprezada por quem deveria incentiva-la. Mas não desistimos de "instaurare omnia in Christo", como dizia São Pio X.

    ResponderExcluir
  7. Salve Maria Claudiomar! Não pude conter as lágrimas de alegria ao saber que a Missa Tridentina está firme e forte em Parnaíba. Tenho um grupo aqui em Teresina e estamos caminhado devagarzinho com o apoio de D. Tomás de Aquino, prior do Mosteiro de Santa Cruz, em Nova Friburgo/RJ. Gostaria de manter contato e quem sabe ir até aí em Parnaíba com o pesoal do meu grupo. Fiquei muito feliz, muito feliz mesmo em saber que não estamos sós aqui no PI. Tenho um blog que eu criei para ajudar a difundir a Tradição Católica aqui em Teresina, se quiser acessar, o endereço é esse que está ao lado.

    Aguardo notícias, meu email é e.j.emerito@gmail.com

    In Corde Mariae!

    ÉLida

    ResponderExcluir
  8. Temos um grupo pequeno, porém muito forte que une pessoas do PI,MG,SP,RJ,PR,MS,PE entre outros lugares e todas essas pessoas tem um vasto conhecimento da Tradição Catpolica, alguns deles moram num povoado 100% tradicional, onde a televisão não conseguiu entrar, usam roupas modestas e não conecem o maldito modernismo. Estamos unidos pelo Infinity Pré e nos falamos quase todos os dias, trocamos idéias, orações, falamos sobre a Santa Missa e muito mais. Fico no aguardo!

    In Corde Mariae.

    Élida

    ResponderExcluir
  9. Ah, SOMOS TRADICIONAIS VERDADEIROS, ligados à FSSPX, seguimos o PAPA, detestamos o conservadorismo, o comunismo, o modernismo e tantos outros "ismos" que invadiram e feriram (quese que) de morte a Esposa de Nosso Senhor, usamos o véu, quando não temos à Santa Missa, santficamos o domingo e comungamos espiritualmente, combatemos a maçonaria, repudiamos o CVII e a TL. Não somos RADICAIS, SOMOS FIÉIS A JESUS CRISTO.

    Sancta Mariae Mater Dei, ora pro nobis!

    Amen!

    ResponderExcluir
  10. "Feliz o homem que não procede conforme o conselho dos ímpios, não trilha o caminho dos pecadores, nem se assenta entre os escarnecedores."Salmos 1:1.
    A divina providencia está por vós que glorificam o Senhor Deus e seguem seu verdadeiro ensinamento.
    PAX ET BONUM!

    ResponderExcluir

Comente:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...