sexta-feira, 13 de maio de 2011

Missa em Latim: Repercussão da nova instrução na mídia

 

Interessante perceber como a grande mídia vê de duas maneiras amplamente antagônicas a nova instrução sobre a Missa em Latim. Será que o próprio documento favorece tal discrepância de ponto de vista, ou o quê?

Segue amostra de duas manchetes que dão o tom de como a mídia recebeu a nova instrução Universae Ecclesiae:

O Globo (Via REUTERS) : 
Vaticano aumenta a pressão para adoção de missas em latim 

Alguns trechos da matéria:

“O Vaticano disse a bispos católicos de todo o mundo nesta sexta-feira que eles têm que obedecer a ordem papal que permite aos padres rezar a missa em latim no estilo antigo para católicos tradicionalistas.” O GLOBO / REUTERS
“A instrução do departamento doutrinal do Vaticano, a Congregação pela Doutrina da Fé, deixa claro em cinco páginas que o papa exige que os bispos sigam as suas ordens.”
“Ainda que em uma linguagem educada e institucional, a instrução afirma que as paróquias locais precisam adicionar uma missa em latim dentro das suas agendas litúrgicas se os fiéis tradicionalistas quiserem.”
“... o comunicado diz que os padres precisam mostrar "um espírito de generosa boas vindas" para aqueles que querem a missa no estilo antigo e precisam "permitir esse tipo de celebração”.

Jornal do Brasil (Via AFP FRANCE-PRESSE): 
Vaticano pede que fiéis não sejam contrários à autoridade do Papa 

Alguns trechos da matéria:

“Os fiéis que pedem a celebração das missas em latim - retomadas em 2007 por Bento XVI - "não devem ser contrários à autoridade do Papa", diz um comunicado do Vaticano divulgado nesta sexta-feira.”
“A explicação é especialmente dirigida às correntes tradicionalistas da Igreja Católica [...] que rejeita as abertura e modernização decididas durante o II Concílio do Vaticano (1962-1970)”
“Em alguns países, como a França, onde o movimento lefebvrista é seguido por muitos fiéis, a celebração da missa seguindo o antigo rito gerou conflitos entre grupos de fiéis e bispos, que consideram esse gesto uma espécie de "provocação".”

...

Links das matérias citadas na postagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...