Notícia aos catogélicos: Cantora protestante piauiense tem autoria de “Noites traiçoeiras” reconhecida e sai à busca de compensações por direitos autorais

Segundo esta reportagem do cidadeverde.com, Marinalva Santos, cantora protestante piauiense, comprovou a autoria da canção “Noites traiçoeiras” junto à Associação Brasileira de Música e Artes. A composição fora motivada para comemorar o aniversário de uma igreja Assembleia de Deus em Uberlândia.

O marido da compositora, que é pastor, informa que tentará acordo com a pessoa que vendeu a música para Pe. Marcelo Rossi, caso não se verifique, recorrerão à justiça para requisitar os valores correspondentes aos direitos autorais.

Além de Pe. Marcelo Rossi, que é reclamado neste artigo por ter plagiado a música, gravaram outras versões alguns outros artistas da Igreja como Padre Zeca, banda Anjos de Resgate, Jonny,...

Aqui se tem a informação de que em 1999 já era cantada na igreja Cristã Maranata do estado do Espíritos Santo.

Aqui se diz que é composição de Simone Telésforo.

Aqui lemos que é de Carlos Papae, cantor evangélico do grupo Vozes de Sião de Teresópolis-RJ,  gravado pela primeira vez em 1985.

E ainda tem o site Vagalume que informa que a composição é de Pe. Marcelo Rossi. 

Católico, quer ouvir música católica? Ouça canto gregoriano.

3 comentários:

  1. Belíssimo seu blog.
    Estou lhe seguindo pois acho legal quem evangeliza por esse meio de comunicação.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Eis um ótimo blog que estávamos precisando. Parabéns Sr. Claudiomar Filho.

    ResponderExcluir

Comente:

O LEGADO DE FÉ E MORAL DOS SANTOS AOS FIÉIS DE HOJE (Artigo)

Que falta ao católico de hoje? Responder-se-ia com grande sensatez afirmando que, substancialmente, falta-lhe conhecer e viver com ma...

Assine o Arena da Teologia

Assine o Arena da Teologia
Receba conteúdo exclusivo por e-mail. Blog essencialmente de teologia católica abordando questões necessárias e urgentes aos tempos atuais.

Postagens mais acessadas

Adquira o livro do editor do blog

Adquira o livro do editor do blog
Nesta obra é apresentado um panorama montado a partir da visão dos católicos ditos tradicionalistas, aqueles que fizeram e fazem resistência às mudanças que desfiguraram a Igreja Católica a partir do Concílio Vaticano II. Episódios pouco conhecidos dos católicos são trazidos à tona, bem como se tenta desvendar os reais motivos para a realização de uma reforma na celebração da Santa Missa, algo tido como acontecimento improvável para o mundo católico após a promulgação da Bula Quo Primum Tempore, um documento do Papa São Pio V que, em 1570, tornava definitiva a forma com a qual se deveria celebrar a Santa Missa a partir de então.

Fale direto com o editor:

  • claudiomarfilho@gmail.com

Total de visualizações

Editor do Blog:

Editor do Blog:
Claudiomar Ferreira de Medeiros Filho

PADROEIRO DESTE BLOG

PADROEIRO DESTE BLOG
São Tomás de Aquino