Em meio aos atuais “debates” em torno do homossexualismo, um achado dos escritos do Cardeal Ratzinger

O problema do homossexualismo e do juízo ético acerca dos atos homossexuais tornou-se cada vez mais objeto de debate público, [...]

A teologia da criação, presente no livro do Gênesis, fornece o ponto de vista fundamental para a adequada compreensão dos problemas suscitados pelo homossexualismo. Na sua infinita sabedoria e em seu amor onipotente, Deus chama à existência toda a criação, como reflexo da sua bondade. Cria o homem à sua imagem e semelhança, como varão e mulher. Por isto mesmo, os seres humanos são criaturas de Deus chamadas a refletir, na complementariedade dos sexos, [...]

[...] o deterioramento devido ao pecado continua a desenvolver-se na história dos homens de Sodoma (cf. Gn 19, 1-11). Não pode haver dúvidas quanto ao julgamento moral aí expresso contra as relações homossexuais. Em Levítico 18, 22 e 20, 13, quando se indica as condições necessárias para se pertencer ao povo eleito, o Autor exclui do povo de Deus os que têm um comportamento homossexual.


Tendo como tela de fundo esta legislação teocrática, São Paulo desenvolve uma perspectiva escatológica, dentro da qual repropõe a mesma doutrina, elencando também entre aqueles que não entrarão no reino de Deus os que agem como homossexuais (cf. 1 Cor 6, 9). Em outra passagem do seu epistolário, baseando-se nas tradições morais dos seus ancestrais, mas colocando-se no novo contexto do confronto entre o cristianismo e a sociedade pagã do seu tempo, ele apresenta o comportamento homossexual como um exemplo da cegueira em que caiu a humanidade. Tomando o lugar da harmonia original entre Criador e criatura, o grave desvio da idolatria levou a todo tipo de excessos no campo moral. São Paulo aponta o exemplo mais claro desta desarmonia exatamente nas relações homossexuais (cf. Rm 1, 18-32). Enfim, em perfeita continuidade com o ensinamento bíblico, na lista dos que agem contrariamente à sã doutrina, são mencionados explicitamente como pecadores aqueles que praticam atos homossexuais (cf. 1 Tm 1, 10).

A Igreja, obediente ao Senhor que a fundou e a enriqueceu com a dádiva da vida sacramental, celebra no sacramento do matrimônio o desígnio divino da união do homem e da mulher, união de amor e capaz de dar a vida. Somente na relação conjugal o uso da faculdade sexual pode ser moralmente reto. Portanto, uma pessoa que se comporta de modo homossexual, age imoralmente.
Optar por uma atividade sexual com uma pessoa do mesmo sexo equivale a anular o rico simbolismo e o significado, para não falar dos fins, do desígnio do Criador a respeito da realidade sexual. [...]

Como acontece com qualquer outra desordem moral, a atividade homossexual impede a autorrealização e a felicidade porque contrária à sabedoria criadora de Deus. [...]

Joseph Card. Ratzinger – EXCERTOS DA CARTA AOS BISPOS DA 
IGREJA CATÓLICA SOBRE O ATENDIMENTO PASTORAL DAS PESSOAS HOMOSSEXUAIS - 
Congregação para a Doutrina da Fé, 01/10/1986.


6 comentários:

  1. Gênesis 19:1-13
    I Coríntios, 6:12
    “Tudo me é permitido, mas nem tudo convém. Tudo me é permitido, mas eu não me deixarei dominar por coisa alguma.”
    Mateus 5:18
    “Com toda a certeza vos afirmo que, até que os céus e a terra passem, nem um iou o mínimo traço se omitirá da Lei até que tudo se cumpra.”
    2 Pedro 2:6
    “Também condenou as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinzas, tornando-as exemplo do que sucederá aos que vivem praticando o mal.”

    N. S. de Fatima.
    "POR FIM, O MEU IMACULADO CORAÇÃO TRIUNFARÁ"

    ResponderExcluir
  2. "No voo de volta do Rio de Janeiro para Roma (28/7/2013), o Papa Francisco falou aos jornalistas sobre a homossexualidade citando explicitamente o Catecismo da Igreja, doutrina oficial do Magistério da Igreja. Entre outras coisas disse que: "Se uma pessoa é gay e procura Jesus, e tem boa vontade, quem sou eu para julgá-la? O Catecismo diz que não se deve marginalizar essas pessoas por isso. Elas devem ser integradas à sociedade. O problema não é ter esta tendência. Devemos ser irmãos.” (jornal El Mundo, da Espanha)."http://arqrio.org/formacao/detalhes/127/palavras-do-papa-sobre-homossexualidade-sao-baseadas-no-catecismo
    Romanos 2:5,16
    Entretanto, por causa da tua teimosia e do teu coração insensível e que não se arrepende, acumulas ira sobre ti no dia da ira de Deus, quando se revelará plenamente o seu justo julgamento. …
    Salmos 98:9
    para aclamar o Eterno que vem julgar toda a terra. Sim, Ele julgará o Universo com justiça e os povos com equidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então se percebe uma divergência entre a fala de Francisco e o escrito de Ratzinger?
      Há, então, uma divergência do novo catecismo com o catecismo anterior?
      Mas, então, mudou a doutrina católica?
      A doutrina pode mudar?
      A moral pode mudar?
      Quanto tempo durará a verdade contida numa doutrina? Quanto tempo durará a moral?

      Excluir
  3. Cientificamente a diversos fatores que explica a homossexualidade mas para Deus não importa se você tem desculpas para viver assim simplesmente ele nos lembra que não devemos viver desta maneira.
    Ciência:
    https://netnature.wordpress.com/2014/07/24/peixes-interssexuais-surgem-em-rios-da-pensilvania-em-funcao-da-poluicao-por-compostos-estrogenicos/
    https://link.springer.com/article/10.1007%2FBF01541847
    http://noticias.r7.com/saude/noticias/ma-formacao-do-penis-atinge-um-em-cada-300-meninos-nascidos-no-mundo-20091120.html

    Deus:
    Bíblia e Revelações dos Santos.

    E a até a própria NATUREZA,que foi criada por Deus,onde se gera nova criatura de um macho e uma fêmea.Então por que o homem e sempre tenta tampa o sol com a peneira e criando desculpas para não lutar por sua salvação? isso é por que o homem é fraco em sua Fé e prefere viver na quilo que seu olho ver do que arisca na quilo que não se ver, pobre destes pois o céu é tão nítido quanto a terra a assim também o inferno para quele que não buscam a Deus.

    ResponderExcluir
  4. Qual que pecado contra a Natureza é Repudiado por Deus,seja homossexualismo ou outro meio de adquire prazeres corporais.
    Génesis 38:9,10.
    Nesta linha de raciocínio podemos incluir os métodos contraceptivos e a masturbação e infelizmente estão sendo muito comum neste mundo em que se desconsidera a vida de castidade ou se pensam em castidade não a cumpri com deveriam.

    ResponderExcluir
  5. "Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão."
    Marcos 13:31 e Mateus 24:35.
    ou seja a conduta e a moral de uma sociedade podem muda com o tempo e com os pensamentos divergentes mas para Deus a só uma conduta e uma unica e verdadeira moral, o homem pode até tem a opção de segui o caminho que ele quiser mas terá que sofre as consequências de sua escolha pois Deus é claro.

    ResponderExcluir

Comente:

Arquivo do Blog

Baixe grátis meu livro A CONVERSÃO DO POETA, seu presente pelos 10 anos do blog ARENA DA TEOLOGIA

Estando próximo de completarmos 10 anos do nosso blog ARENA DA TEOLOGIA, estamos presenteando a você que é nosso leitor com o meu mais ...

Assine o Arena da Teologia

Assine o Arena da Teologia
Receba conteúdo exclusivo por e-mail. Blog essencialmente de teologia católica abordando questões necessárias e urgentes aos tempos atuais.

Postagens mais acessadas

Adquira o livro do editor do blog

Adquira o livro do editor do blog
Nesta obra é apresentado um panorama montado a partir da visão dos católicos ditos tradicionalistas, aqueles que fizeram e fazem resistência às mudanças que desfiguraram a Igreja Católica a partir do Concílio Vaticano II. Episódios pouco conhecidos dos católicos são trazidos à tona, bem como se tenta desvendar os reais motivos para a realização de uma reforma na celebração da Santa Missa, algo tido como acontecimento improvável para o mundo católico após a promulgação da Bula Quo Primum Tempore, um documento do Papa São Pio V que, em 1570, tornava definitiva a forma com a qual se deveria celebrar a Santa Missa a partir de então.

Fale direto com o editor:

  • claudiomarfilho@gmail.com

Total de visualizações

Editor do Blog:

Editor do Blog:
Claudiomar Ferreira de Medeiros Filho

PADROEIRO DESTE BLOG

PADROEIRO DESTE BLOG
São Tomás de Aquino